Notícias

O 9º Prêmio ADCE Minas de Responsabilidade Social Empresarial homenageou Babi Vasconcelos

Homenageada é fundadora da Greenwich School; solenidade ocorreu no último dia 17/12

A Associação de Dirigentes Cristãos de Empresa (ADCE-MG) homenageia, anualmente, por meio do Prêmio ADCE Minas de Responsabilidade Social Empresarial, uma personalidade do mundo empresarial que seja exemplo por sua atuação social responsável. A homenageada na 9ª edição do prêmio é Marly Magalhães Nunes de Vasconcelos (foto), mais conhecida como Babi Vasconcelos, fundadora da Greenwich School. A instituição de ensino atua nas áreas de educação e turismo, e completou 47 anos em 2020.  

A solenidade – que anualmente é acompanhada por um jantar de confraternização – este ano foi  diferente por causa da pandemia do novo coronavírus. O evento ocorreu na manhã do último dia 17, às 8h, no formato virtual. Na oportunidade, o Frei André Tavares celebrou uma missa de final de ano.

Durante o evento, a presidente da ADCE-MG, Maria Flávia Máximo, comentou os efeitos da pandemia ao pontuar que vários encontros presenciais não puderam ocorrer, a exemplo dos Almoços-palestra e Cafés com Fé. Ainda assim, novas formas e formatos de se reunir foram possíveis. Diante disso, enalteceu o lançamento do podcast, lives e e-books. Ao discorrer sobre a homenageada do 9º Prêmio ADCE Minas de Responsabilidade Social Empresarial, Maria Flávia disse que Babi Vasconcelos é exemplo de empreendedora solidária. “A vida tem sentido quando não pensamos só em nós mesmos”, afirmou. “A premiação deste ano é especial não apenas pelo ano incomum que todos enfrentaram ao longo dos meses de isolamento social, mas porque é preciso destacar aqueles que se doaram e que continuam a se doar ao próximo”, concluiu.

Emocionada com a distinção, a fundadora da Greenwich School tomou nota sobre o que iria dizer para não deixar as palavras se misturarem. Iniciou o discurso a partir das suas origens. Natural de Serro, cidade do interior de Minas Gerais cercada por montanhas e muitas igrejas, Babi  Vasconcelos atribuiu a essas duas características da terra natal a influência sobre sua fé e seu desejo constante de sonhar. A sua relação com a língua inglesa começou ainda criança, no convívio com a avó. Por fim, revelou que suas primeiras alunas foram suas bonecas e primas. 

Babi Vasconcelos afirma que se sente realizada em saber que, por meio da sua profissão e da empresa que construiu com a família, ela consegue contribuir para uma sociedade melhor e mais justa. “Através do Greenwich levo o ensino de inglês às crianças das Obras Pavonianas, aos jovens da Rede Cidadã, do Projeto Bom Aluno, filantropia de colégios católicos”, destaca. 

“É muito gratificante verificar que a aquisição de uma língua estrangeira e o conhecimento de mundo leva a autoestima a essas crianças e jovens,  e abre grandes oportunidades no mercado de trabalho”, conclui. Babi Vasconcelos também é voluntária junto a várias obras sociais da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, ao lado do Padre Fernando Lopes, há 20 anos.

Também participaram da solenidade virtual: o presidente da ADCE Brasil, Sergio  Cavalieri (direto do Canadá) e a presidente da UNIAPAC Latinoamericana, Gigi Cavalieri. Os interessados em assistir a gravação podem acessar o link: https://us02web.zoom.us/rec/play/lziPUtZrNgkkzllCMb2DtNRGye9c3BDP5b_ZTbHmlu0b7MoBDrVHeCWcORv0WAfqBwH8XaOBBOhv-iuS.XtuyLeW7pLf_sqnm?startTime=1608202837000&_x_zm_rtaid=W3bmyWTqTPimTM8_0LmHVg.1608577878498.057ffa1174a4d94a108588124eae3926&_x_zm_rhtaid=850