Notícias

Quais são as profissões com salários altos em 2021?

Brazilian document work and social security (Carteira de Trabalho e Previdencia Social)

Pesquisa aponta boas remunerações nas áreas de recursos humanos e tecnologia

(Fonte: divulgação) 

Não é nenhuma surpresa que 2020 foi um ano muito desafiador para o trabalho no Brasil. Com mais de 14 milhões de brasileiros desempregados, a taxa de desemprego chegou a 14,8%, e estima-se que ao menos 3,1 milhões de pessoas perderam o emprego em função da pandemia de coronavírus, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios COVID-19 (Pnad Covid-19), divulgada em agosto de 2020 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Embora o cenário seja pessimista, 2021 pode trazer novas médias salariais e setores com mais vagas abertas. Um levantamento realizado pela Robert Half, que faz recrutamento de profissionais para média e alta gerência, mostra que haverá variação salarial em 2021, sobretudo para as áreas de Finanças e Contabilidade, Engenharia, Direito, Vendas e Marketing, Mercado Financeiro, Seguros, Recursos Humanos e Tecnologia.

A pesquisa destaca ainda que a expectativa para este ano é de um cenário promissor, visto que as empresas têm intenção de abrir novas vagas, ainda que sem aumento salarial e com contratos temporários ou por prestação de serviço. E, entre as habilidades comportamentais mais desejadas pelas empresas, estão o pensamento estratégico, a comunicação, a agilidade, a inovação e a adaptabilidade – esta última muito voltada às ações enfrentadas durante a pandemia. 

Os setores que demandam novas contratações são principalmente os de Tecnologia, Saúde, Agronegócio, Infraestrutura e Logística, que devem atuar de forma híbrida: 74% dos empregadores esperam contar com uma equipe híbrida, que atue tanto em home office, quanto presencialmente na empresa, segundo dados do levantamento.

Para a área de Finanças e Contabilidade, destaque para os cargos de tesouraria e fiscais, que chegam a receber salários entre R$ 7.600 a R$ 16.800 em cargos de gerência e coordenadoria. Para Engenharia, as posições com maior salário são as de gerente de supply chain e gerente de projetos, com média salarial que varia de R$ 13 mil a R$ 48 mil.

A área jurídica tem perspectiva de salários altos para generalistas de empresas e advogados contratuais (em nível sênior), com salários que variam entre R$ 7.700 e R$ 32.000, ao passo que os profissionais de Vendas e Marketing podem se espelhar nos cargos de gerente nacional de vendas (R$ 10.350 a R$ 42.050) e head of growth (R$ 13.000 a R$ 42.000).

O Mercado Financeiro promete salários generosos aos analistas de fusões e aquisições (R$ 11.700 a R$ 21.000) e diretores de riscos, compliance e auditoria, com salários que podem chegar a R$ 41.000. A área de Seguros contará com boa remuneração aos gerentes de finanças e CEO de finanças, com salários que iniciam na base dos R$ 16.000.

A área de Recursos Humanos também terá boas remunerações aos gerentes de departamento pessoal e head de RH, com salários que variam entre R$ 12.000 e R$ 49.000. Por fim, a área de tecnologia dá destaque aos cientistas de dados (R$ 13.100 a R$ 26.700) e coordenadores de segurança da informação (R$ 13.200 a R$ 21.000).

Apesar dos cargos serem muitas vezes voltados aos setores privados, os concursos de 2021 também trazem uma expectativa de bons salários em diversos setores, com cargos altos e bastante disputados.