Notícias

Serviços digitais são aumentados no Triângulo Mineiro durante pandemia

Webinar das Cidades Digitais da região reúne gestores públicos de 40 municípios nesta terça

A pandemia está acelerando o processo de inovação nas cidades mineiras. Na manhã desta terça-feira (15), gestores públicos de 40 municípios do Triângulo Mineiro participaram de um evento online, promovido pela Rede Cidade Digital (RCD), para tratar de ferramentas que melhorem a prestação dos serviços públicos.

Os exemplos apresentados de Araguari, Patos de Minas e Uberlândia reforçam a importância, cada vez maior, da oferta de serviços digitais que facilitem o dia a dia da população.  “Além dessa situação da pandemia, vivemos um ano eleitoral e esses novos governos a partir de 2021 já sabem que a tecnologia é imprescindível daqui para frente. Os eventos da Rede Cidade Digital, agora virtualmente também, servem para inspirar e trazer ideias que possam ser implantadas nas cidades”, ressalta o diretor da RCD, José Marinho.

O secretário de Desenvolvimento Social de Patos de Minas, Eurípedes Donizeti de Oliveira, destacou a importância da infraestrutura tecnológica para que a máquina pública não parasse nesse período de crise. “Trabalhamos muito para que a população pudesse ter acesso aos serviços e a pandemia acelerou esse processo muito forte”.

Oliveira cita o uso de ferramentas de Business Intelligence voltadas para a Saúde e Educação do município de 153 mil habitantes. “É preciso pensar de uma maneira muito objetiva na entrada de dados, de uma forma fidedigna. Foi um trabalho bastante complexo. Hoje nós temos na palma da mão a informação e isso facilita na regulação e rapidamente tomar a decisão”, analisa o secretário.

Destaque nacional e considerada a terceira cidade que mais oferece serviços inteligentes do país, de acordo com ranking desenvolvido pelo Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia, Serviço Móvel Celular e Pessoal (Sinditelebrasil) e pela Teleco, Uberlândia também intensificou a oferta de serviços digitais durante a pandemia, segundo o diretor presidente da Empresa de Processamento de Dados de Uberlândia (PRODAUB), Reginaldo Mendes. “Hoje a maioria dos serviços que o cidadão necessita na Prefeitura pode realizar no portal. Modernizamos o nosso portal para que fosse mais acessível e amigável para o nosso cidadão. Esse conceito nos facilitou durante a pandemia”, disse Mendes.

Seguindo o conceito de cidade inteligente, o diretor da Prodaub lembra que o geoprocessamento implantado na cidade, além de garantir um aumento em 25% na arrecadação, fornece informações para diversas secretarias municipais. “A gente tinha que transportar essas informações que adquirimos para os diversos setores como finanças, planejamento urbano, saúde. Associado a esse processo, implantamos alguns sistemas para que esse atendimento de serviço público passasse a ser eletrônico”.

O município de Araguari, conforme o diretor Geral de Informática da Prefeitura, Leonan Reis dos Santos Resende, veio ao longo dos últimos anos implantando ferramentas que pudessem aproximar os serviços públicos do cidadão. “Na parte de Educação colocamos uma ferramenta que possibilita que o aluno retire o material e possa fazer as atividades em casa. O boletim escolar também onde o pai pode acompanhar as notas do filho sem precisar ir até a escola. Na Saúde, o nosso hospital de campanha (para pacientes de covid) está todo implementado com prontuário eletrônico, então a evolução do paciente hoje é lançada em sistema e temos disponibilizado para que a pessoa possa consultar online”.

Transformação digital – O Webinar das Cidades Digitais do Triângulo trouxe também a experiência da Secretaria de Governo Digital, do Ministério da Economia, na transformação digital dos serviços na esfera federal.

Segundo o gestor de Projeto da Secretaria, Fabiano de Sousa Limasomente durante a pandemia mais de 300 serviços foram disponibilizados de forma eletrônica. “Os serviços digitais é o primeiro esforço, mas existe um segundo esforço para atenção na experiência do cidadão”, observa, acrescentando que a Secretaria oferece apoio técnico aos municípios na implantação de serviços digitais através da Rede Govbr.

O encontro virtual, apresentado pela jornalista e diretora da S. Clara Comunicação, Valdireni Alves, trouxe ainda diversas tecnologias voltadas para integração de sistemas, modernização da iluminação pública, assinatura eletrônica e reconhecimento facial. O evento na íntegra estará disponível nesta quinta-feira no canal da TVRCD no YouTube: https://youtube.com/redecidadedigital.

O evento teve a parceria da S. Clara Comunicação, Sonner, FullFace, Tecnowatt Iluminação, Amcham e DocuSign, além do apoio institucional da Associação dos Municípios do Planalto (Ampla), Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência e Emergência da Macrorregião do Triângulo Sul (Cistrisul) e Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Regional do Vale do Rio Grande (Convale).