Notícias

Startups participam de campeonato de Counter-Strike: Global Offensive

S

Startup Challenge terá final exibida em plataforma de transmissões ao vivo

(Crédito: Divulgação)

Os jogos eletrônicos se popularizam de tamanha forma que competições e campeonatos de diferentes títulos se tornaram cada vez mais comuns. Dependendo do nome, os eventos são transmitidos até mesmo na televisão, acontecendo em escala global e com patrocínio de marcas famosas. Campeonatos de menor escala também contam com frequência, permitindo encontros amistosos principalmente de jogos cooperativos e de tiro.

A Tecnofit, empresa de Curitiba especializada em software de gestão para academias, está promovendo o Startup Challenge, primeiro campeonato de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) entre startups brasileiras. O jogo é considerado um dos títulos mais importantes dentro do gênero de tiro em primeira pessoa (FPS), lançado em 2012 pela editora Valve, e conta com diferentes mapas, personagens e vários tipos de armas, como rifles (fuzis e carabinas PCP), pistolas e escopetas que podem ser adquiridas dentro do jogo. Ele conta com diferentes modalidades, como clássico competitivo e casual, corrida armada e mata-mata, com opções para todos os níveis de habilidade no game. Os objetivos podem ser derrubar o outro time, desarmar bombas ou até libertar reféns.

O campeonato acontece entre os dias 05 e 29 e as partidas serão transmitidas para as empresas. A final terá uma transmissão aberta no dia 29 de agosto, a partir das 17h, e poderá ser assistida na Twitch TV, importante plataforma de transmissões ao vivo. Estão participando 16 startups, com times de cinco pessoas cada uma, e 20 equipes no total. Entre as empresas que fazem parte da competição estão nomes como Madeira Madeira, EBANX, Doctoralia, Mercafacil e Prime Control, refletindo a boa adesão para com a atividade.

De acordo com Fellipe Mattos, COO da Tecnofit, o torneio é uma maneira de promover integração entre os colaboradores das diferentes empresas, criando um ambiente leve e cooperativo, além de estimular a competitividade de maneira saudável. A competição tem como base as regras dos campeonatos profissionais, contando com estratégias de alto nível e uma estrutura organizada.

Serão feitas de duas a três partidas por semana até o final da competição, que conta com  o apoio da Secretaria de Inovação do Estado do Paraná, e acontecerá por meio da FACEIT, plataforma que hospeda diferentes jogos competitivos, como Valorant, League of Legends e Rocket League, além do próprio CS:GO. O servidor tem regras rígidas quanto à participação e diretrizes de comportamento, punindo os jogadores que forem reportados por atitudes consideradas “tóxicas”, garantindo um espaço seguro para todos.