Notícias

Tap transporta maior remessa de matéria-prima para vacina do Brasil

TAP Cargo transportou carga com 8,2 mil litros de insumos que permite a produção local de 14 milhões de doses da vacina contra a covid-19

A TAP Cargo transportou hoje para o Brasil quantidade recorde de insumos para a produção de cerca de 14 milhões de doses de vacinas. Para se ter uma ideia da relevância dessa carga ela seria suficiente para imunizar países inteiros como o Uruguai, o Paraguai ou a Bolívia.

O lote enviado pela biofarmacêutica Sinovac, parceira internacional do Butantan e do Governo do Estado no desenvolvimento do imunizante, conta com com 8,2 mil litros de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo). A carga chegou em um voo da companhia aérea TAP e passou por escalas em Helsinque, na Finlândia, e Lisboa, em Portugal.

O Governador do Estado de São Paulo, João Doria, o Secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn e o Diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, acompanhados pelo Diretor-Geral da TAP no Brasil, Mario Carvalho, receberam essa que é a maior remessa de matéria-prima até o momento para produção local da vacina contra o coronavírus. A carga vinda da China desembarcou no Aeroporto Internacional de Guarulhos às 6h12.

“Estamos orgulhosos de poder participar dessa operação que trouxe ao Brasil essa expressiva quantidade de 14 milhões de doses de vacinas, estamos convictos de que a TAP está ajudando a salvar a vida de muitos brasileiros”, afirma Mario Carvalho, Diretor Geral da TAP no Brasil.

No dia 10 de fevereiro, a TAP Cargo já havia transportado o que era até então o maior carregamento de insumos para a vacina contra o coronavírus com 5,6 mil litros de IFA vindos da China. A partir desses insumos as doses de vacina são envasadas, rotuladas, embaladas e passam por um rígido controle de qualidade no Butantan antes de serem disponibilizadas para a população.