Notícias

Turismo doméstico é aposta para o verão 2021

Com a Covid-19 circulando pelos destinos turísticos de todo o mundo, o turismo doméstico vem se fortalecendo e é aposta para o verão em 2021.

Fortemente afetado pelo novo coronavírus, o setor do turismo aposta nas viagens domésticas. Por meio do turismo doméstico, é possível recuperar o setor, tirando-o da crise.

O investimento na divulgação dos destinos e suas atrações, bem como em garantir mais segurança aos turistas por meio de ações que reduzem o risco de contaminação por Covid-19, têm sido práticas adotadas por diversos países.

E o Brasil tem muito a oferecer, já que conta com destinos para todas as idades e gostos. Inclusive, já está com muitas atividades abertas, focando sempre na segurança dos visitantes.

https://pixabay.com/pt/photos/minas-gerais-tiradentes-485767/

Brasil foca no turismo doméstico para recuperar setor

Seguindo o protocolo de segurança do Ministério da Saúde e OMS, o turismo nacional já vem se recuperando. Embora com um retorno gradativo, bastante planejado e mais cauteloso, o país vem estimulando as viagens domésticas.

E para esse começo, muitos brasileiros estão optando por viagens a destinos mais próximos. Ou seja, escolhendo roteiros que possam ser realizados com veículo próprio, o que diminui o risco de contaminação por Covid-19.

Outro ponto importante é a atenção dos viajantes em contratar o seguro de viagem ou confirmar/trocar o plano de saúde para um com cobertura nacional. Essa é mais uma forma de prevenção e cuidados que muitos brasileiros vêm adotando.

Além disso, os estabelecimentos já estão seguindo, rigorosamente, os protocolos, adotando as novas medidas sanitárias. Os aeroportos estão exigindo o uso de máscaras, tanto para circulação interna dos viajantes, quanto nas aeronaves.

E para reduzir ainda mais o risco de contágio, existem orientações espalhadas por todo o espaço, o álcool em gel fica à disposição, bem como eles estão seguindo também uma configuração mais rigorosa de assentos.

Antes de entrar nas aeronaves, é preciso que os passageiros passem por uma triagem de temperatura, garantindo assim, a saúde de outros.

Setor de turismo movimenta a economia mundial

Os números provam o quanto o setor de turismo vem contribuindo com a economia mundial. Em 2018 foram realizadas quase 9 bilhões de viagens domésticas em vários destinos espalhados pelo mundo.

Enquanto isso, 2019 movimentou US$ 8,9 trilhões no turismo, gerando 330 milhões de empregos. Para recuperar o setor, vários países estão incentivando viajantes nacionais, de forma com que o turismo doméstico consiga tirar o turismo da crise.

Somente no Brasil, após o novo coronavírus se espalhar pelo país, 49,9 mil empresas que prestam serviços turísticos fecharam entre março e agosto. Desses, 96,7% incluem pequenos e micronegócios, como aponta Alexandre Sampaio, da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo.

Pesquisa aponta interesse de brasileiros por viagens domésticas

Uma pesquisa divulgada pela Aviesp, coordenada pela Mapie Consultoria, aponta o interesse dos brasileiros por viagens domésticas. Ela apresentou um total de 26% de intenções para viagens ao Nordeste no pós-pandemia.

Atrás, um total de 14% prefere as praias regionais, enquanto 11% a Serra Gaúcha e 8% o Rio de Janeiro. Enquanto isso, essa pesquisa aponta baixo interesse por viagens internacionais.

Destinos mais procurados por brasileiros em 2020

Desde que chegou ao Brasil, o novo coronavírus obrigou os brasileiros a desmarcar ou reagendar suas viagens. A retomada gradual do setor ainda ocorre aos poucos, mas já é possível saber quais são os destinos mais procurados.

Conforme levantamento da agência de viagens on-line Zarpo, os destinos mais buscados, entre seus clientes, foram: Minas Gerais, São Paulo, Bahia e Rio de Janeiro. Neste último, o turismo local alcançou 77% dos viajantes, que escolheram como destino de viagem, especialmente, Mangaratiba e Búzios.

Já em São Paulo 68% dos viajantes optaram por destinos próximos. Enquanto isso, no Nordeste a Bahia conquistou a preferência, em ambos os casos.

Destinos mais recomendados para viajar no verão 2021

Muitas cidades estão retomando as atividades turísticas no Brasil, aos poucos. No geral, os destinos mais recomendados, enquanto o vírus continue circulando pelo país, sem vacina, são os mais próximos à localidade do viajante.

Algumas sugestões incluem:

1. Manaus/AM

A cidade possui diferentes atrativos, tanto dentro quanto na natureza. Entre as opções, chamam a atenção dos visitantes: praias do Rio Negro, Centro Histórico, visita a museus, cruzeiro pelo Rio Negro e Solimões, nadar com botos, visitar aldeias indígenas e outras.

2. Caldas Novas/GO

É importante saber que alguns atrativos ainda seguem restrições, enquanto que hotéis e pousadas e os parques aquáticos estão recebendo cerca de 50% do total da capacidade, incluindo o Rio Quente Resort e o Hot Park.

3. Tiradentes/MG

Visitar uma pequena cidade, de clima bucólico, pode ser uma aposta para muitos brasileiros. Além disso, a cidade é um atrativo por conta da gastronomia local, artesanato e passeios pela natureza. A Maria Fumaça, por exemplo, está funcionando, com todos os cuidados para reduzir o risco de contaminação pelo novo coronavírus.

É importante ficar atento ao que abre e como funciona cada um dos destinos de viagens nacionais e suas atrações.

Por Andreia Silveira do site SeguroAuto.org.