Notícias

Vai se mudar para fazer faculdade? Confira estas dicas

Young students on campus

Saiba como se preparar para a mudança que iniciará sua vida universitária

Com os resultados dos vestibulares brasileiros, muitos calouros começam a sair de suas cidades para migrar às cidades onde vão estudar. Infelizmente, nem todos os estados e municípios oferecem os cursos desejados por todos os alunos, e a mudança se faz necessária – alguns, inclusive, se inscrevem em universidades bem distantes, com a esperança de conseguir passar em cursos mais concorridos, como direito, medicina, engenharias e psicologia. De acordo com o Censo da Educação Superior, feito em 2018, dos mais de 300 mil alunos que ingressaram no ensino superior público federal, 11% se matricularam em um curso oferecido em outra federação e, no total, mais de 30 mil estudavam em outro estado.

Se você é um desses estudantes que acabou de passar no vestibular e está preocupado com a sua mudança, saiba que o processo pode ser bastante tranquilo se você se preparar seguindo algumas dicas importantes.

A primeira dica é ficar totalmente atento aos prazos que a universidade te passar, sobretudo os prazos de pré-matrícula e matrícula. Devido à pandemia de COVID-19, muitas universidades optaram por oferecer a matrícula online, então talvez você não precise se locomover até o local nesse primeiro momento. No entanto, verifique os informes e o passo a passo para a matrícula na sua universidade, inclusive quais são os documentos solicitados para já separá-los. 

Passado o difícil desafio de realizar as difíceis provas elaboradas por instituições como VUNESP e ser aprovado, o segundo passo é o início da mudança. Verifique quais são as empresas e as rotas de viagens até a universidade, ou voos, caso você precise se deslocar de estado. Verifique os sites das companhias, tanto de avião, quanto de ônibus, e compare os preços para economizar na passagem. 

Certifique-se também de que você tenha um lugar para morar quando as aulas começarem. Caso você não tenha condições financeiras de bancar um lugar, é muito importante procurar a assistência social da sua universidade para ter acesso aos auxílios de permanência estudantil. Universidades públicas oferecem moradias estudantis para alunos de baixa renda e/ou dão bolsas para que o estudante complemente a renda para o aluguel. Grupos de estudantes nas redes sociais também podem te ajudar a encontrar um bom lugar para ficar. 

Não se esqueça de verificar as localizações dos possíveis lugares em que você poderá residir durante o curso, quais são as rotas até a universidade e a disponibilidade de comércios e serviços por perto. Tudo isso conta na vida universitária, como ter acesso a farmácias, mercados e até hospitais. Sua segurança e sua saúde devem vir junto à prioridade dos seus estudos.