Notícias

Viagens de ônibus sinalizam recuperação e Buser amplia atuação em Minas e São Paulo

“O feriado de 7 de setembro teve um pico de procura semelhante ao que observamos no carnaval deste ano. Nossas projeções indicam que a alta temporada será pelo menos três vezes mais movimentada para nós do que no ano passado”, afirmou Marcelo Abritta, CEO da startup.

As viagens de ônibus que sofreram um duro baque com a pandemia estão aos poucos voltando a ser uma opção. Essa é a constatação da Buser, maior plataforma de viagens compartilhadas que oferece trechos por valores até 70% menores que os praticados nas rodoviárias.

Diante deste cenário, a empresa prepara uma expansão ampla das rotas pensando na alta temporada e deve fazer uso de promoções especiais aos viajantes. Os Estados de Minas Gerais e São Paulo serão priorizados neste primeiro momento.

“O feriado de 7 de setembro teve um pico de procura semelhante ao que observamos no carnaval deste ano. Nossas projeções indicam que a alta temporada será pelo menos três vezes mais movimentada para nós do que no ano passado”, afirmou Marcelo Abritta, CEO da startup.

Segundo Abritta, a Buser está retomando a margem de crescimento que tinha antes da pandemia, crescendo, em média, 5% por semana. A startup já opera em mais de 100 cidades.