Notícias

Visite Bertioga celebra convênio com Prefeitura Municipal

Prefeito Caio Matheus; Secretário de Turismo de Bertioga, Ney Carlos da Rocha e Presidente do BCVB-Visite Bertioga, Edison Fernando Garcia Gimenez assinam convênio. Divulgação

Os meses de quarentena finalmente chegaram ao fim, no que se refere à retomada da atividade turística em Bertioga. Esse período, cercado por muita incerteza e apreensão, exigiu um grande esforço dos atores responsáveis pela estrutura receptiva do destino.

Iniciativa privada, poder público e entidades representantes das forças vivas de Bertioga, unidos, fizeram da quarentena um autêntico laboratório de protocolos e demais providências garantidoras de uma retomada segura.

Fato de relevância notória acaba de ser consumado, com a assinatura de convênio entre o BCVB-Visite Bertioga e a Prefeitura Municipal de Bertioga. Trata-se de uma parceria público-privada, onde a municipalidade repassa para a entidade recursos necessários às ações de divulgação do destino.

A formalização do termo de parceria foi assinada pelo Prefeito Caio Matheus; pelo Secretário de Turismo de Bertioga, Ney Carlos da Rocha e pelo Presidente do BCVB-Visite Bertioga, Edison Fernando Garcia Gimenez.

“No momento em que se esboça a retomada, com todos os cuidados e protocolos de segurança sanitária, o convênio entre nossa entidade e a Prefeitura demonstra que Bertioga trabalha unida, em prol do Turismo e do desenvolvimento sustentável”, salienta o Presidente Edison Gimenez. “Celebrar esta parceria com a iniciativa privada marca o estágio de maturidade alcançado pelo Turismo como fato econômico e vetor estratégico do desenvolvimento sustentável de Bertioga”, complementa o Secretário Ney Carlos da Rocha.   

A reabertura dos meios de hospedagem, dentro dos parâmetros de segurança sanitária estabelecidos, vem fortalecida por dois decretos do Prefeito Caio Matheus, datados de 15 de Julho. O primeiro atualiza a legislação sobre o funcionamento das marinas, depois da reclassificação da Baixada Santista para a fase amarela no Plano São Paulo. Tem determinações claras sobre cuidados sanitário e horário de funcionamento da atividade.

O segundo decreto, também datado de 15 de Julho, autoriza a retomada das atividades econômicas das escunas, consideradas atrativos de primeira grandeza para o turismo de Bertioga. O Art. 1º do instrumento legal estabelece que “fica autorizada, diante da reclassificação da Baixada Santista para a fase amarela no Plano São Paulo, a retomada das atividades econômicas das ESCUNAS no Município de Bertioga (…)”.

A normatização define o horário de funcionamento das escunas das 11h00 às 17h00, com taxa máxima de 40% (quarenta por cento) de ocupação. O controle do acesso às embarcações deve ser rigoroso, para evitar aglomerações. E é necessária a aferição da temperatura. Caso o cliente esteja com temperatura acima de 37,8 graus, não deverá embarcar.

A volta das escunas em Bertioga chega com bons descontos, para animar os turistas. Assim como a hotelaria do destino, os passeios de escuna têm ofertas promocionais, divulgados em www.escunagenesis.com.br/entre-em-contato/ e www. visitebertioga.com.br.

Próximo da capital, o turismo de Bertioga é sustentado por três pilares. Além de atrativos naturais, respaldados pela qualidade da infraestrutura receptiva que agrega competitividade ao destino no segmento de Sol e Praia, o destino possui potencial de expansão em outros dois pilares. O turismo de Aventura e turismo Histórico e Cultural. “O trabalho desenvolvido pela iniciativa privada em parceria com o poder público dará cada vez mais visibilidade aos atrativos de Bertioga”, conclui Edison Gimenez.