Notícias

Complexo enogastronômico da Villa Santa Maria completa 3 anos

A história da Vinícola Villa Santa Maria está sendo contada desde o início dos anos 2000, quando as primeiras mudas foram plantadas na propriedade que fica no Vale do Baú, em São Bento do Sapucaí, pertinho de Campos do Jordão. Mas a alma da Villa é a mesma que embalou os milhares de imigrantes italianos que aportaram no Brasil no início do século passado, numa diáspora europeia em busca de oportunidades e sonhos na Terra Nostra.

Na Villa, dentro do processo de constante aprimoramento e investimento, uma data vale ser lembrada neste mês de julho. Trata-se dos três anos de inauguração do complexo enogastronômico, planejado com muito carinho para acolher com conforto os turistas que buscam uma experiência única. Este espaço versátil e atraente, inaugurado em 2018, reúne vinhos, gastronomia, turismo e lazer. Tudo em meio à natureza, cenários deslumbrantes, espaços agradáveis e sofisticado projeto arquitetônico.

Menu gastronômico harmonizado

“Temos tido um retorno incrível dos turistas, o que reforça nossa responsabilidade por oferecer um serviço exclusivo e de alto nível. Nosso mix enogastronômico é muito apreciado por nossos clientes”, afirma Marco Antonio Carbonari, proprietário da vinícola.

Enoturismo e projeto arquitetônico

O projeto tem transformado o enoturismo na Serra da Mantiqueira, pois está atraindo cada vez mais visitantes não só do estado de São Paulo, mas dos vizinhos Rio de Janeiro e Minas Gerais e de outras partes do País. A Villa Santa Maria é considerada uma das vinícolas mais charmosas do Sudeste brasileiro. Revistas internacionais especializadas no segmento do vinho também têm dado destaque para o protagonismo da Villa, num ciclo de virtudes e esforços que renovam a responsabilidade por buscar, sempre, um atendimento de excelência.

“Sabemos de nossa responsabilidade e temos a exata noção de que temos uma joia ainda a ser lapidada aqui na Mantiqueira. Com a pandemia, em razão das fases de restrição decretadas pelo governo paulista, ficamos fechados por várias semanas. Agora, estamos promovendo uma reabertura gradual e planejada, respeitandos todas as regras sanitárias”, lembra Célia Pinotti Carbonari, mentora do complexo arquitetônico.

A Villa oferece degustação dos vinhos Brandina, nome da matriarca da família, e atende os turistas em elegantes acomodações do restaurante Bruschetteria da Villa, tanto no espaço Terrazzo como no Giardino. Os visitantes são convidados a experimentar o Menu Gastronômico, experiência que une a cozinha italiana à internacional, apresentando variedade de pratos sofisticados e criativos. Em espaço elegante e intimista, pode-se fazer a degustação dos vinhos, sempre acompanhada de uma boa conversa, e breve introdução enológica da vinícola.

Suporte e supervisão

Todo o esforço empresarial ocorreu com a assessoria e supervisão do maior especialista em vinhos de Inverno do Brasil, o professor Murillo Albuquerque Regina, e também com a orientação da enóloga Isabela Peregrino. O suporte profissional e o terroir da Mantiqueira acabam, portanto, por viabilizar um resultado extraordinário, atestado por sucessivas premiações nacionais e internacionais e frequente interesse de reportagens de blogueiros, influenciadores, jornalistas do segmento do vinho e a mídia em geral.

Em aproximadamente uma década de trabalho veio a confirmação de que a Villa Santa Maria estava no caminho certo, dando por concluída a etapa experimental. É então o início da vinha profissional, com investimentos significativos e contratação de mão de obra, com preferência total dos próprios moradores do bairro do Baú, em São Bento do Sapucaí. Em 2018, o vinhedo é ampliado com o plantio de mais 40.000 pés, totalizando aproximadamente 60 mil pés, numa caminhada longa, porém muito prazerosa.

As variedades de uvas

Toda a produção, vale reforçar, é submetida a rigoroso rigor técnico, conforme lembra Mario Augusto Carbonari, responsável pelo Setor de Vinhos e Agronomia da Villa Santa Maria. Depois de colhidas, as uvas são processadas no Sul de Minas. A Villa produz sete variedades: Chardonnay, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Sauvignon Blanc, Merlot, Syrah, e Viognier.

A carta dos vinhos Brandina é robusta e qualificada. A lista inclui o Assemblage 2019 rótulo branco, o Assemblage 2020 tinto rótulo preto, o Sauvignon Blanc 2019, o Assemblage Blanc 2019, o Extra Brüt Chardonnay Espumante, o Chardonnay 2019, o Moscato Colheita Tardia 2019 e o Rosé 2020. Entre as demais delícias estão o saboroso hidromel, a bebida dos vikings, potes de mel, aceto balsâmico, suco de uva branco integral (500ml e 1L) e suco de uva tinto integral (500ml e 1L).

Brandina Assemblage 2020

“Temos ao longo dos anos aprimorado a nossa operação, buscando uma uva de excelência para gerar vinhos finos de altíssima qualidade. Aproveitamos da melhor forma possível esse terroir especial da Mantiqueira. As premiações e medalhas que estamos recebendo indicam que estamos no caminho certo”, avalia Mario Augusto Carbonari.

E-commerce e atendimento com reserva

A vinícola tem loja física e e-commerce (www.brandina.com.br) e oferece ainda passeios guiados pelos vinhedos. Ao todo são 90 hectares com jardins, cachoeira, gramados e lago. Há possibilidade de fazer caminhadas, trilhas e piqueniques. Os canais digitais da Villa Santa Maria são o site www.villasantamaria.com.br e as páginas no Instagram (com mais de 80 mil seguidores) e no Facebook. O atendimento acontece apenas com reserva prévia. Para isso, é preciso acionar o WhatsApp (12) 9 9649-2728.

Fonte: https://villasantamaria.com.br/complexo-enogastronomico-da-villa-santa-maria-completa-tres-anos/